Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Unicórnio

O dia a dia de um Unicórnio. Suas inspirações, aventuras e desaires.

O dia a dia de um Unicórnio. Suas inspirações, aventuras e desaires.

O Unicórnio

20
Jan16

Coisas feias que se dizem às grávidas...


O Unicórnio

...mas que são verdade, verdadinha.

 

 

babyfart.jpg

 

São de domínio público as pérolas que se dizem às grávidas. Normalmente não são ditas com o intuito de meter cagunfa a quem as ouve e são, quase sempre, disparadas por mães que até sabem que por vezes custa estar grávida (ou vão dizer-me que é tudo flores?!) e como a vida se transforma após ter um baby.

Muitas são desnecessárias, incómodas e sem fundo de verdade, mas outras há, verdadeiras, pecam sim pela forma como são ditas, normalmente com entoação dramática e exagerada.

É meu objectivo com este texto, desdramatizar essas mesmas observações verdadeiras e tranquilizar um pouco a minha amiga Cleide (grávida), portanto, aqui deixo algumas, analisadas com muita ligeireza.

 

«Aproveita para dormir que depois do bebé nascer, isso acabou».

É verdade absoluta. É tão verdade que no meu caso, há muitos meses que não sei o que é ter sono pesado. Não durmo uma noite inteira desde o sétimo mês de gravidez , altura em que umas putas de umas câimbras me subiam pelas pernas acima, provocando-me dores horríveis, insuportáveis. Gritava noites inteiras, contorcendo-me. Meu marido coitado, já delirante ao ver-me a sofrer daquela forma tão perturbante, rezava madrugada adentro aos pés da minha cama, implorando por um milagre a uma divindade qualquer.

Mas não desanimes Cleide, pode ser que nem venhas a ter câimbras.

 

«Agora é que vais ver o que são náuseas, azia, gases e prisão de ventre».

Sobre este tema não tenho muito a dizer, somente que me sentia o Shrek. Juro que dava arrotos com tamanha intensidade que conseguia com a projecção do bafo, alisar o cabelo do Lionel Richie. Já a azia..., sabes o que é espremer um limão numa ferida? Não tem nada a ver. É mil vezes pior.

Quanto à prisão de ventre e gases... ,conheces aquela fábrica a Cimpor Cimentos de Portugal com aqueles tubos gigantes sempre a despejarem a matéria prima? Pronto,  imagina que os entopem e usa a imaginação.

Mas não desanimes Patrícia, pode ser que nem venhas a ter náuseas, azia, gases e prisão de ventre.

 

«A minha irmã fez tanta força no parto que ficou com hemorróidas».

Nesta é que bate o ponto. Uh la la! Hemorróidas, hemorróidas.. .essas bolas de carne do catano que moram no rabiosque e que curiosas, espreitam à janela.

Não sei o que é. Não fiz força. Fiz cesariana, como sabes. Mas a minha tia contou-me que há 18 anos quando teve o meu primo, fez tanta, mas tanta força que ainda hoje não consegue usar calças nem calções porque «elas» ainda não recolheram. Disse-me também que provocam dores muito agudas, como se uma agulha estivesse a entrar pelo palheiro adentro.

Mas não desanimes Patrícia, pode ser que nem venhas a ter hemorróidas.

 

«Quando tive a minha Priscila Alexandra levei 45 pontos na boca do corpo».

Ora, a boca do corpo é tramada. Bem que se esforça, mas por vezes o esforço não chega e então, tem que levar um lanho. Minha tia contou-me que quando teve o meu primo, ele nasceu com um perímetro cefálico de 56 cm e que a boca do corpo teve que levar um cortesito (não vou entrar em pormenores, só te posso dizer que dezoito anos depois ,ela ainda se senta em cima de uma bóia).  

Mas não desanimes Cleide Patrícia, pode ser que nem venhas a ter que levar pontos na boca do corpo.

 

«Quantos quilos já engordaste? Estás enorme!»

A melhor resposta que podes dar é a que eu dava quando me faziam esta pergunta. Nem mais nem menos do que isto;

- Olhe não sei, mas sei que a minha gordura é passageira, já a sua é para sempre! - isto claro, só resulta se a outra pessoa for gorda. Se for uma magra a dizer-te isto, faz-lhe um manguito,  segue o teu caminho e dá beijinho no ombro. 

 

Olha Cleide, espero ter tranquilizado esse coração ansioso de passarinho frágil. Sabes que podes sempre contar comigo, este teu porto seguro, tranquilizador e amigo. Tua sempre e fervorosa amiga, 

O Unicórnio

4 comentários

  • Imagem de perfil

    O Unicórnio 20.01.2016

    Eu irei Inês. :)
  • Imagem de perfil

    Inês 20.01.2016

    Eu já estou a ir! E daqui a 10 semanas tenho cá a minha 2a filha!
  • Imagem de perfil

    O Unicórnio 20.01.2016

    Tudo a correr pelo melhor, Inês. Hora minúscula lhe desejo. :)
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Sigam-me

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D