Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Unicórnio

O dia a dia de um Unicórnio. Suas inspirações, aventuras e desaires.

O dia a dia de um Unicórnio. Suas inspirações, aventuras e desaires.

O Unicórnio

09
Mar16

Estou em lágrimas desde manhã cedo. Em lágrimas.


O Unicórnio

Esta noite dormi mal, aliás, mal dormi. Para além de me levantar três vezes para atender às necessidades da cria, passei a madrugada de pé, a vaguear pela casa, tal fantasma perdido na estratosfera. 

Do quarto para a sala, da sala para a cozinha, toda a noite carpi a minha dor, essa dor lancinante e profunda que me dilacerava as entranhas, através de espasmos sincopados. A dor na alma era tanta, mas tanta, que cheguei a babar um fio de espuma queixo abaixo. Uma dor insuportável, uma sensação de impotência atroz.

Quando amanheceu, toda eu era uma mulher sofrida e desgostosa, de olhar perdido no horizonte e juro até, que para juntar mais melancolia a este texto, penso ter ouvido uma música do Michael Bolton a tocar lá ao longe, quase a ir-se, lá ao longe, e eu à janela de lágrima a cair em câmara lenta. 

O mêrapaz, ouvindo as minhas lágrimas, acordou: 

- Porque chorais minha bela e formosa esposa? Porque chorais, dizei-me! Vosso rosto outrora vivalhaço e esperto, agora está pálido e desenxabido. Que dor é essa, pituxa?. 

Respondi-lhe trémula e frágil de tão magra (ahahahaha, piada claro); 

- Toda a noite pensei na despedida dele  e toda eu sofro.

Mêrapaz sentou-se na cama de semblante sério e preocupado.  

- Que dizeis? Na despedida?! De quem!?

- Dele, do Tonhito.

- De quem, minha bela, formosa, inteligente e fantástica esposa?!

- Opá, caraças Filipe! Do Cavaco! Toda eu estou para morrer de tristeza.

 

Obviamente que é mentira, não estou. Não estou triste coisa nenhuma, até tenho um recado para o senhor; adeus, ó vai-te embora que só fizeste cocó!!!  

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D